Barra Cofina

Correio da Manhã

Mundo
6

Sete mortos em queda de Tupolev

Pelo menos sete pessoas morreram e outras dez ficaram feridas este sábado quando um avião Tupolev 134 com 57 pessoas a bordo despenhou-se ao fazer uma “aterragem dura” no Aeroporto russo de Samara, a sul de Moscovo, informou o Ministério para Situações de Emergência da Rússia.
17 de Março de 2007 às 11:53
Segundo a mesma fonte, o número de mortos pode ainda vir a aumentar, porque seis passageiros estão ainda no interior do aparelho, encontrando-se 23 equipas de salvamento a tentar recuperá-los dos escombros.
O avião, de fabrico russo, pertence à companhia de aviação comercial Utair, e tinha deixado a cidade siberiana de Surgut quando tentou fazer uma aterragem de emergência no Aeroporto de Samara.
De acordo com a versão oficial, devido ao forte nevoeiro, um das asas do avião chocou contra a pista quando o Tupolev 134 tentava aterrar, tendo o aparelho acabado por se despenhar, por volta das 09h40 locais (06h40, em Lisboa).
No entanto, o correspondente do segundo canal da televisão russa, o RTR, revelou que a tripulação não conseguiu abrir o trem de aterragem e decidiu aterrar o avião na fuselagem, tendo o aparelho despenhado-se ao bater na pista.
Ver comentários
Newsletter Diária Resumo das principais notícias do dia, de Portugal e do Mundo. (Enviada diariamente, às 9h e às 18h)