Barra Cofina

Correio da Manhã

Mundo
1

Síria: Primeiro-ministro rebelde anuncia demissão

Demissão surge dois depois de Ahmad Assi Jarba ter sido escolhido para chefiar a Coligação Nacional Síria, principal força da oposição.
8 de Julho de 2013 às 19:05

O primeiro-ministro rebelde sírio, Ghassan Hitto, anunciou esta segunda-feira a sua demissão, quatro meses depois de ter sido nomeado para formar um governo interino, o que nunca conseguiu fazer.

"Anuncio que não vou continuar nas funções de primeiro-ministro com a missão de formar um Governo interino. Vou continuar a trabalhar no interesse da revolução, para que esta consiga alcançar os seus objetivos", indicou Hitto em comunicado.

A demissão surge dois depois de Ahmad Assi Jarba ter sido escolhido para chefiar a Coligação Nacional Síria, principal força da oposição.

Jarba é considerado próximo da Arábia Saudita, que se opôs à escolha de Hitto para chefiar um governo interino, numa reunião realizada em março em Istambul.

Fontes da oposição referiram que Hitto, cuja candidatura foi apoiada pelo Qatar, não conseguiu cumprir a sua tarefa devido às divisões no seio da coligação.

Hitto disse que a sua demissão pretende "ajudar a nova liderança da coligação a agir de acordo com a sua visão política, especialmente no que diz respeito ao governo interino e às suas funções executivas".

A guerra civil na Síria, que surgiu após a repressão de um movimento pacífico de contestação ao regime de Bashar al-Assad, já fez mais de 100 mil mortos, em dois anos.

síria demissão primeiro-ministro revolução
Ver comentários
Newsletter Diária Resumo das principais notícias do dia, de Portugal e do Mundo. (Enviada diariamente, às 9h e às 18h)