Barra Cofina

Correio da Manhã

Mundo

UE pede fim da ofensiva turca e ameaça bloqueio a financiamento

Presidente da Comissão Europeia advertiu que nenhum financiamento europeu será concedido ao plano turco de criar "uma zona de segurança" no território sírio.
Lusa 9 de Outubro de 2019 às 16:19
Presidente da Turquia, Recep Tayyip Erdogan
Presidente da Turquia, Recep Tayyip Erdogan
Jean Claude Juncker
Jean-Claude Juncker
Presidente da Turquia, Recep Tayyip Erdogan
Presidente da Turquia, Recep Tayyip Erdogan
Jean Claude Juncker
Jean-Claude Juncker
Presidente da Turquia, Recep Tayyip Erdogan
Presidente da Turquia, Recep Tayyip Erdogan
Jean Claude Juncker
Jean-Claude Juncker

O presidente da Comissão Europeia em funções pediu esta quarta-feira o fim da ofensiva lançada pela Turquia no norte da Síria, advertindo que nenhum financiamento europeu será concedido ao plano turco de criar "uma zona de segurança" no território sírio.

"A Turquia deve parar com a operação militar em curso. Não irá resultar. E se o plano da Turquia é a criação de uma zona de segurança, não espere pelo financiamento da União Europeia (UE)", afirmou Jean-Claude Juncker, diante do Parlamento Europeu reunido em Bruxelas.

Juncker falava momentos depois de o Presidente turco, Recep Tayyip Erdogan, ter anunciado o início de uma nova operação militar no nordeste da Síria contra a milícia curda das Unidades de Proteção Popular (YPG), apoiada pelos países ocidentais, mas considerada terrorista por Ancara.

UE Turquia Síria Jean-Claude Juncker política
Ver comentários
Newsletter Diária Resumo das principais notícias do dia, de Portugal e do Mundo. (Enviada diariamente, às 9h e às 18h)