Barra Cofina

Correio da Manhã

Mundo

Sismo abala costa da Índia

Um terramoto de grau sete de magnitude, segundo o cálculo do serviço Geológico dos Estados Unidos, abalou a zona das ilhas Nicobar, na costa Este da Índia. Apesar do alarme, as autoridades locais afastam a possibilidade de que o abalo dê origem a um tsunami. A Tailândia cegou a emitir um alerta em seis províncias costeiras, entretanto, cancelado.
24 de Julho de 2005 às 18:27
Na sequência do abalo sísmico, as autoridades locais afirmaram que os arquipélagos indianos de Andaman e Nicobar não correm o risco de ser atingidos por um tsunami. Citado pela agência noticiosa Reuters, Ram Kapse, administrador federal das ilhas, afirma que o sismo não provocou vítimas e que não há qualquer alerta de tsunami.
As declarações de Kapse foram proferidas cerca de uma hora depois de o instituto de observação geológica norte-americano ter emitido um comunicado em que dava conta de um sismo de grau sete de magnitude, com epicentro a 103 quilómetros das ilhas Nicobar, que atingiu aquela região pelas 15h42, deste domingo. O mesmo documento adiantava que o risco de ocorrência de um tsunami passaria caso não se verificasse o levantamento de qualquer ondulação perto do epicentro do sismo no espaço de uma hora após o abalo.
O abalo verificado este domingo fez recordar a tragédia que se abateu sobre aquela região em Dezembro do ano passado, quando cerca de 30 mil pessoas perderam a vida devido a uma vaga gigante que atingiu a costa do país e todo o sueste asiático.
O arquipélago de Nicobar é formado por 19 ilhas, localizadas no oceano Índico, entre o Golfo de Bengala e o Mar de Andaman.
Ver comentários
Newsletter Diária Resumo das principais notícias do dia, de Portugal e do Mundo. (Enviada diariamente, às 9h e às 18h)