Barra Cofina

Correio da Manhã

Mundo
5

Snowden propõe ajudar Brasil em troca de asilo político

Antigo colaborador dos serviços secretos norte-americanos enviou uma carta aberta ao povo brasileiro.
17 de Dezembro de 2013 às 11:34
Atualmente, Edward Snowden está refugiado na Rússia, onde continua a divulgar informação confidencial sobre programas de espionagem dos EUA
Atualmente, Edward Snowden está refugiado na Rússia, onde continua a divulgar informação confidencial sobre programas de espionagem dos EUA FOTO: Reuters

Edward Snowden enviou uma carta aberta ao povo brasileiro a disponibilizar-se para colaborar nas investigações aos alegados casos de espionagem norte-americana, em troca de asilo político. A proposta enviada pelo ex-colaborador dos serviços secretos dos EUA foi divulgada pelo jornal ‘Folha de São Paulo’.

"Muitos políticos brasileiros pediram a minha ajuda em relação à suspeita de crimes contra cidadãos brasileiros. Expressei a minha disponibilidade em auxiliar, quando isso for apropriado e legal, mas infelizmente o governo dos EUA trabalha arduamente para limitar a minha capacidade para o fazer”, pode ler-se na carta assinada por Snowden.

“Até que um país me conceda asilo político permanente, o governo dos EUA vai continuar a interferir com a minha capacidade de falar", frisa o antigo colaborador dos serviços secretos norte-americanos.

De acordo com o jornal, a carta será ainda enviada para as autoridades brasileiras, no âmbito de uma campanha de apoio a Snowden promovida pela organização não-governamental Avaaz e liderada por David Miranda, namorado de  Glenn Greenwald, jornalista que colaborou na divulgação de informação confidencial revelada pelo antigo colaborador dos serviços secretos norte-americanos.

O objetivo da campanha é sensibilizar o Governo brasileiro, presidido por Dilma Rousseff, de forma a conceder asilo político ao norte-americano. Atualmente, Edward Snowden está refugiado na Rússia, onde continua a divulgar informação confidencial sobre programas de espionagem dos EUA.

O Ministério dos Negócios Estrangeiros brasileiro não vai tomar nenhuma atitude sobre o suposto desejo de Snooden de se mudar para o Brasil e ajudar este país a lutar contra a espionagem dos EUA. Em declarações ao CM, o assessor de imprensa do ministério afirmou que não existe qualquer pedido de asilo, mas sim uma carta publicada num jornal, o que não justifica uma tomada de posição do governo que, no entanto, frisou, vai ficar atento ao caso.

Edward Snowden Brasil espionagem ajuda asilio carta povo brasileiro informação
Ver comentários