Barra Cofina

Correio da Manhã

Mundo
7

Socialistas espanhóis sugerem a deputados que dêem salário do dia da greve

A direcção do grupo parlamentar do Partido Socialista Operário Espanhol (PSOE) propôs aos deputados a entrega ao Banco Alimentar do salário do dia 14, para o qual está marcada uma greve geral em Espanha.
3 de Novembro de 2012 às 13:14
Socialistas espanhóis, sar salário, Banco Alimentar
Socialistas espanhóis, sar salário, Banco Alimentar FOTO: Reuters

Numa carta assinada pela porta-voz parlamentar, Soraia Rodriguez, o PSOE incentiva os deputados a terem um gesto de solidariedade com os milhares de trabalhadores que no dia 14 participarão na greve geral, e ajudem os que mais precisam.

Em Portugal, também a CGTP-IN convocou para o dia 14 uma greve geral, à qual têm estado a aderir sindicatos que não integram esta central sindical, nomeadamente os Sindicatos da Administração Pública afectos à UGT.

Segundo o PSOE, o objectivo da entrega de um dia de salário, é beneficiar "as pessoas mais afectadas pela crise económica, pelo aumento do desemprego, pelas políticas de austeridade do Governo e pelos cortes nos direitos e deterioração da protecção social".

O partido que espera "contar com o apoio" dos seus parlamentares a esta decisão, recorda que os deputados não têm a possibilidade de participar na greve, já que nesse dia, como representantes dos cidadãos, estão a trabalhar no plenário da câmara.

Socialistas espanhóis sar salário Banco Alimentar
Ver comentários
Newsletter Diária Resumo das principais notícias do dia, de Portugal e do Mundo. (Enviada diariamente, às 9h e às 18h)