Barra Cofina

Correio da Manhã

Mundo
2

Sócrates expressa “consternação e tristeza” a Dilma

O primeiro-ministro José Sócrates expressou esta quinta-feira à presidente do Brasil, Dilma Rousseff, “grande consternação e tristeza”, pelas consequências das cheias provocadas pelas chuvas que assolam o Estado do Rio de Janeiro.
13 de Janeiro de 2011 às 19:05
José Sócrates manifestou toda a disponibilidade para o que for necessário
José Sócrates manifestou toda a disponibilidade para o que for necessário FOTO: Lusa

"É com grande consternação e tristeza que acompanhamos as notícias das cheias provocadas pelas fortes chuvas que assolam o Estado do Rio de Janeiro",  lê-se na mensagem enviada pelo chefe do Governo.  

José Sócrates expressou ainda a sua solidariedade e a do povo português, num momento que classificou como "difícil".  

"Os nossos pensamentos vão especialmente para as famílias das vítimas e para todos os desalojados", vincou José Sócrates, manifestando toda a disponibilidade para o que for necessário.  

Brasil Rio Janeiro Dilma Rousseff José Sócrates cheias chuvas
Ver comentários
Newsletter Diária Resumo das principais notícias do dia, de Portugal e do Mundo. (Enviada diariamente, às 9h e às 18h)