Barra Cofina

Correio da Manhã

Mundo
5

Stanley Ho: O magnata dos casinos que não gostava de jogar

Rei do jogo tinha fortuna avaliada em cerca de 5,9 mil milhões de euros.
João Maltez 27 de Maio de 2020 às 01:30
Stanley Ho, magnata de Macau
Stanley Ho, magnata de Macau FOTO: Pedro Catarino

Considerava o jogo um entretenimento, mas recusava jogar. Foi com a sorte e o azar das apostas nos casinos de que era proprietário que se tornou um dos homens mais ricos da Ásia. A sua fortuna foi avaliada em 6,4 mil milhões de dólares (cerca de 5,9 mil milhões de euros). Stanley Ho, magnata de Macau, homem com fortes ligações a Portugal, faleceu esta terça-feira, em Hong Kong, cidade onde nasceu há 98 anos.

"Não era um chinês típico. Era um chinês do Mundo", lembra o primeiro governador de Macau após o 25 de Abril, o general Garcia Leandro, citado pela Lusa. A presença de Stanley Ho em vários países, enquanto investidor, fez-se sentir na área do jogo, com uma rede de 19 casinos, mas também na hotelaria, no imobiliário ou nas infraestruturas aeroportuárias. Em junho de 2018, com 96 anos, o magnata passou as rédeas dos negócios da família para uma das filhas, Daisy Ho.

Foi um "espírito visionário", lembra por seu turno Mário Assis Ferreira, atual presidente da sociedade Estoril Sol – onde Pensy Ho, outra filha de Stanley, tem uma participação –, que explora os casinos do Estoril, de Lisboa e da Póvoa de Varzim.

O último governador de Macau antes da transferência para a china, Vasco Rocha Vieira, recorda Stanley Ho como um "amigo de Portugal".

PERFIL
Stanley Ho Hung-sun nasceu em Hong Kong a 25 de novembro de 1921. Em fuga à ocupação da China por tropas japonesas, instalou-se, nos anos de 1940, em Macau, onde viria a casar com Clementina Leitão (já falecida), membro de uma influente família local. Foi em Macau que fez fortuna, após ter mantido por mais de quatro décadas o monopólio de exploração do jogo.

Stanley casou por mais três vezes - com Lucina Laam, Ina Chan e Angela Leong, sucessivamente. Com todas elas teve filhos. No conjunto, foram 16. Destes, 14 estão vivos. Três deles (Pansy, Daisy e Lawrence, em comum com Lucina) lideram o mundo empresarial criado pelo pai, Stanley Ho, que ontem faleceu, aos 98 anos, em Hong Kong.
Ásia Macau Hong Kong Stanley Ho Hung-sun Portugal Daisy Ho Lucina Laam estilo de vida e lazer jogos
Ver comentários
Newsletter Diária Resumo das principais notícias do dia, de Portugal e do Mundo. (Enviada diariamente, às 9h e às 18h)