Barra Cofina

Correio da Manhã

Mundo
4

Sudão do Sul: massacre faz três mil mortos

Mais de três mil pessoas foram mortas na semana passada no Sudão do Sul, no âmbito de uma onda de violência étnica que forçou a fuga de milhares de pessoas.



6 de Janeiro de 2012 às 08:47
Mais de três mil pessoas foram mortas na semana passada no Sudão do Sul
Mais de três mil pessoas foram mortas na semana passada no Sudão do Sul FOTO: Reuters

"Houve assassínios em massa, um massacre", afirmou Joshua Konyi, comissário  no condado de Pibor, no estado de Jonglei, acrescentando que as autoridades estão a proceder à contagem dos  corpos, cuja primeira estimativa aponta para  2.182 mulheres e crianças e 959 homens. 

O ataque, realizado por cerca de seis mil jovens armados da tribo Lou Nuer na localidade remota de Pibor, bastião da etnia Murle, só terminou com a intervenção do exército.   

Os incidentes terão resultado no desaparecimento ou rapto de mais de  mil crianças, além do roubo de milhares de cabeças de gado.   

A coordenadora humanitária da ONU para o Sudão do Sul, Lise Grande,  disse esta semana que "dezenas, talvez centenas" poderão ter morrido.    

massacre vítimas tribo Lou Nuer etnia Murle Sudão do Sul assassínios
Ver comentários
Newsletter Diária Resumo das principais notícias do dia, de Portugal e do Mundo. (Enviada diariamente, às 9h e às 18h)