Barra Cofina

Correio da Manhã

Mundo
3

Sueca degolada por magrebino

Uma jovem sueca de 19 anos morreu degolada numa estalagem de Fuengirola, Málaga (Espanha), e outra ficou gravemente ferida depois de um homem de trinta anos, de origem magrebina, as ter tentado violar no quarto.
19 de Junho de 2011 às 00:30
Sueca sobrevivente está internada no Hospital Costa do Sol (na foto)
Sueca sobrevivente está internada no Hospital Costa do Sol (na foto) FOTO: d.r.

As duas jovens estavam hospedadas há três dias na Costa do Sol, festejando o fim do curso.

Os investigadores policiais acreditam que por volta das três da madrugada o suspeito terá tentado abusar sexualmente das duas e que, ao não conseguir os seus intentos, as atacou com uma faca de cozinha. O homem, que também estava hospedado na estalagem, terá entrado no quarto das vítimas quando estas estavam numa discoteca.

Ao serem agredidas, as jovens gritaram, e os seus pedidos de socorro foram ouvidos por um hóspede, um polícia que se encontrava de férias. Este, ao se aperceber do desespero das jovens, dirigiu-se de imediato ao quarto e dominou o homicida, impedindo que ele matasse também a outra rapariga.

Segundo a polícia, as 22 câmaras de vídeo colocadas nos corredores e noutros locais públicos da estalagem registaram parte dos acontecimentos.

As autoridades locais afirmam que a jovem sueca sobrevivente foi internada no Hospital Costa do Sol, em Marbella.

sueca degolada magrebino férias espanha marbella
Ver comentários