Barra Cofina

Correio da Manhã

Mundo
4

Suspeito de atear fogo que matou mãe e filho detido no aeroporto de Gatwick em Londres

Cinco pessoas foram detidas por conexão com a morte de Gina Ingles, de 34 anos, e Milo de quatro anos.
Correio da Manhã 23 de Janeiro de 2020 às 19:36
incêndio em casa mata mãe e filho
incêndio em casa mata mãe e filho FOTO: Facebook

Um homem de 29 anos de East Sussex, no Reino Unido, foi preso pela polícia do aeroporto de Gatwick, em Londres, por ser um dos principais suspeitos da morte de Gina Ingles, de 34 anos, e o filho Milo Ingles-Bailey, de quatro anos

Tudo aconteceu no dia 10 de julho de 2018 quando Gina Ingles e o filho morreram num incêndio na própria casa em Croxden Way, Eastbourne.

Toby Jarret, pai do menino de quatro anos, também estava em casa no momento do incêndio mas conseguiu fugir pela janela do primeiro andar.

O suspeito de 29 anos foi recebido no aeroporto pela polícia no dia 15 de janeiro do ano passado e no dia 13 de fevereiro foi libertado sob fiança enquanto as investigações continuam.

Cinco pessoas já foram detidas por conexão com a morte de Gina Ingles e Milo Ingles-Bailey.

"Esta detenção está ligada às detenções feitas em dezembro e é um desenvolvimento significativo na investigação", afirmou Gordon Denslow, inspetor-detetive da equipa de crimes de Surrey e Sussex.

O inspetor-detetive garantiu que continuam à procuram dos responsáveis pelo incêndio que matou mãe e filho.

Gina Ingles Sussex Reino Unido Gatwick Milo Ingles-Bailey crime lei e justiça questões sociais crime incêndio
Ver comentários
Newsletter Diária Resumo das principais notícias do dia, de Portugal e do Mundo. (Enviada diariamente, às 9h e às 18h)