Barra Cofina

Correio da Manhã

Mundo

Suspeito de rapto de Maddie investigado por desaparecimento de menino no Algarve

Criança alemã de 6 anos estava de férias com a família em Aljezur, a 40 quilómetros da Praia da Luz, quando desapareceu em 1996.
Correio da Manhã 6 de Junho de 2020 às 09:09
A carregar o vídeo ...
Suspeito de rapto de Maddie investigado por desaparecimento de menino no Algarve

A família de um menino de seis anos que desapareceu no Algarve há 24 anos revelou que foram contactados pela polícia alemã na sequência dos desenvolvimentos de Madeleine McCann, nomeadamente o novo suspeito, um homem alemão de 43 anos.

Segundo o Daily Mail, o pai de René Hasse, Andreas Hasee, referiu que foi contactado por um investigador do Departamento Federal de Polícia Criminal (BKA), pela primeira vez em 20 anos, uma vez que o caso está a ser novamente investigado.

O menino, com 6 anos, natural de Elsdorf, Alemanha, estava de férias com a família em Aljezur, a 40 quilómetros da Praia da Luz, quando desapareceu a 21 de junho de 1996, depois de correr para o mar. A família e as autoridades tinham já aceitado que a criança tinha morrido afogada, visto que nunca mais avistaram a criança naquele dia no areal. 

"René foi para Portugal com minha ex-mulher e com o seu novo parceiro", referiu Hasee ao jornal, que acrescenta que o próprio filho ewra uma criança "cuidadosa" e que "não teria entrado facilmente no mar sozinha". No entanto, o pai não acredita que o filho esteja atualmente vivo.

Na altura, um especialista analisou as condições do mar e da maré e concluiu que as mesmas tornavam-se "improvável" um afogamento.

As autoridades alemãs reabriram também a investigação sobre o rapto de Inga Gehricke, de cinco anos, em 2015. A criança alemã, que residia numa localidade na Alta Saxónia, a 90 quilómetros de uma casa de Brueckner, e desapareceu durante um passeio em família. Um dia antes de Inga desaparecer, a 2 de maio de 2015, o veículo de Brueckner sofreu um pequeno acidente numa estação de serviço perto do local onde a criança desapareceu.

O principal suspeito do rapto de Madeleine McCann, Christian Brueckner, agora com 43 anos, mudou-se da Alemanha para a Praia da Luz em 1995, aos 18 anos. Na altura, o suspeito tinha sido já condenado por crimes sexuais contra crianças.

Ver comentários
Newsletter Diária Resumo das principais notícias do dia, de Portugal e do Mundo. (Enviada diariamente, às 9h e às 18h)