Barra Cofina

Correio da Manhã

Mundo
1

Suspeitos querem renovar mandatos

A esmagadora maioria dos 145 deputados brasileiros que no ano passado tiveram os seus nomes directamente envolvidos em escândalos de corrupção vai concorrer impunemente às eleições gerais de Outubro próximo. Isto é possível porque nenhum deles sofreu qualquer punição.
16 de Fevereiro de 2010 às 00:30

De acordo com um levantamento feito pelo jornal ‘Folha de S. Paulo’, dos 145 deputados e senadores suspeitos pelo menos 87 já assumiram que vão tentar ser reeleitos para os cargos que ocupam actualmente. Outros 18 serão inclusive candidatos a cargos superiores, como o de governador estadual, por exemplo. E há 16 senadores que vão cumprir tranquilamente o mandato até ao final de 2015.

Entre estes últimos, que por não terem sofrido qualquer condenação interna no Congresso ou na Justiça não têm os seus mandatos ameaçados, está o ex-presidente da República e actual presidente do Senado, José Sarney, um exemplo tristemente emblemático. Acusado de empregar familiares ilegalmente, de desvio de verbas e de tráfico de influência, Sarney chegou a ter no ano passado nada menos do que 11 processos no Conselho de Ética. Numa manobra comandada por amigos e aliados, todas essas acções contra Sarney foram sumariamente arquivadas, sem nem mesmo terem sido submetidas a apreciação ou votação. n

Ver comentários
Newsletter Diária Resumo das principais notícias do dia, de Portugal e do Mundo. (Enviada diariamente, às 9h e às 18h)