Barra Cofina

Correio da Manhã

Mundo
5

Suspensa taxa sobre comida e remédios de viajantes para Cuba

Medida “excecional e temporária” será reavaliada no final do ano.
Correio da Manhã 16 de Julho de 2021 às 08:20
A partir de segunda-feira, os viajantes que levarem comida, medicamentos e produtos de higiene, bens que habitualmente pagam impostos alfandegários em Cuba, ficam isentos de taxa. A decisão foi anunciada pelo primeiro-ministro, Marrero Cruz, que fala numa medida “excecional e temporária”. Será reavaliada no final do ano.

O anúncio foi feito após os maiores protestos antigovernamentais em décadas. Milhares saíram às ruas contra a escassez de alimentos e remédios, o aumento dos preços e a gestão da pandemia de Covid-19. A lei cubana permite a entrada, até 10 kg de medicamentos, isentos de imposto. Já os alimentos e os produtos de higiene são taxados e limitados nas quantidades.

Entretanto, o alto representante da União Europeia para a Política Externa, Josep Borrell, disse que a decisão dos EUA em suspender as remessas de famílias cubanas contribuiu para os protestos.

Cuba Marrero Cruz política economia negócios e finanças
Ver comentários