Barra Cofina

Correio da Manhã

Mundo

Susto na Califórnia

Um violento sismo de magnitude 7.2 na escala aberta de Richter sacudiu no domingo o Norte do México e o estado norte-americano da Califórnia, matando pelo menos duas pessoas e fazendo uma centena de feridos.
6 de Abril de 2010 às 00:30
Milhares de pessoas passaram a noite em abrigos com medo de réplicas
Milhares de pessoas passaram a noite em abrigos com medo de réplicas FOTO: Jorge Duenes/Reuters

O epicentro do sismo, registado a dez quilómetros de profundidade, situou-se a 26 quilómetros de Guadalupe Vitória (México) e a 64 de San Luís, Arizona, nos EUA, onde o abalo foi sentido, sobretudo no Sul da Califórnia.

O terramoto, que fez tremer edifícios nos dois lados da fronteira, matou dois homens em Mexicali, uma cidade mexicana com 900 mil habitantes que ficou quase totalmente às escuras. Uma das pessoas morreu quando a sua casa ruiu e a outra foi atropelada após sair para a rua em pânico.

Além de apagões em várias cidades, o terramoto levou à evacuação de hospitais e de infantários. Abriram-se fendas em edifícios e estradas e vários postes de electricidade tombaram. Segundo o Serviço Geológico dos EUA, o sismo foi sentido por pelo menos vinte milhões de pessoas. A maior parte do Sul da Califórnia sentiu o abalo, um dos mais violentos na região nas últimas décadas.

Desde o abalo telúrico, registado às 17h40 (23h40 em Lisboa), ocorreram já pelo menos vinte réplicas, isto numa vasta área que inclui toda a região do Sul da Califórnia até ao estado vizinho de Sonora, no México.

Ver comentários
Newsletter Diária Resumo das principais notícias do dia, de Portugal e do Mundo. (Enviada diariamente, às 9h e às 18h)