Barra Cofina

Correio da Manhã

Mundo
1

Talibãs recusam ajuda dos Estados Unidos no combate ao Estado Islâmico

Altos funcionários dos talibãs e representantes dos Estados Unidos estão reunidos este fim-de-semana em Doha, capital do Qatar.
Lusa 10 de Outubro de 2021 às 00:41
Afeganistão
Afeganistão FOTO: Reuters
Os talibãs recusaram no sábado qualquer cooperação com os Estados Unidos para conter o Estado Islâmico no Afeganistão, demonstrando uma posição intransigente sobre uma questão central antes das primeiras conversações desde que os norte-americanos saíram do país em agosto.

Altos funcionários dos talibãs e representantes dos Estados Unidos estão reunidos este fim-de-semana em Doha, capital do Qatar, sendo que ambos os lados afirmaram que as questões em discussão incluem o controlo dos grupos extremistas e a retirada de cidadãos estrangeiros e afegãos do Afeganistão, com os talibãs a garantirem que haveria flexibilidade neste processo.

No entanto, o porta-voz político dos talibãs, Suhail Shaheen, disse à agência Associated Press que não haveria qualquer colaboração com os Estados Unidos para conter o grupo extremista Estado Islâmico, cada vez mais ativo no país e que tem assumido a autoria de uma série de atentados recentes, um dos quais a uma mesquita e que matou 46 muçulmanos xiitas, na sexta-feira, na cidade de Kunduz, no norte do país.

Ver comentários