Barra Cofina

Correio da Manhã

Mundo
1

Tanques contra civis

As forças leais ao líder líbio Muammar Kadhafi lançaram ontem à tarde um violento ataques contra a cidade de Zawiyah, a oeste de Tripoli, horas depois de uma primeira ofensiva ter sido rechaçada pelos revoltosos. As tropas de Kadhafi não olham a meios para tentar tomar a cidade, a cerca de 50 quilómetros da capital, e não hesitam em usar tanques contra alvos civis.
6 de Março de 2011 às 00:30
Rebeldes repeliram ataques das forças leais a Kadhafi em Ras Lanuf e Zawiyah
Rebeldes repeliram ataques das forças leais a Kadhafi em Ras Lanuf e Zawiyah FOTO: Khaled Elfiqi/Epa

De acordo com um morador citado pela agência Reuters, uma coluna de 20 tanques entrou ontem à tarde na cidade e disparou indiscriminadamente contra edifícios e veículos civis. "Há muita destruição na cidade, edifícios bombardeados e carros a arder... Nem sei dizer quantos. Agora estão a disparar contra uma mesquita onde estão refugiadas centenas de pessoas", afirmou a testemunha, adiantando que as forças de Kadhafi atacaram prédios residenciais, disparando de forma indiscriminada contra os moradores. Os edifícios são depois usados por ‘snipers’ do exército para disparar contra as posições dos rebeldes.

Horas antes deste ataque – que, segundo notícias não confirmadas, terá sido repelido – as tropas de Kadhafi já tinham tentado entrar no centro da cidade, mas encontraram forte resistência dos revoltosos e foram forçadas a recuar. Fontes médicas na cidade dizem que pelo menos 60 pessoas foram mortas nos confrontos das últimas horas, na sua maioria civis. Já fontes próximas dos rebeldes falam em 200 mortos.

KADHAFI LÍBIA REBELDES TRIPOLI TANQUES
Ver comentários
Newsletter Diária Resumo das principais notícias do dia, de Portugal e do Mundo. (Enviada diariamente, às 9h e às 18h)