Barra Cofina

Correio da Manhã

Mundo
4

Tempestade Barry torna-se o primeiro furacão da época no Atlântico

Deverá haver graves inundações na costa sul do Louisiana, devido às chuvas torrenciais e ventos ciclónicos.
Lusa 13 de Julho de 2019 às 16:53
Tempestade Barry torna-se o primeiro furacão da época no Atlântico
Tempestade Barry torna-se o primeiro furacão da época no Atlântico
Tempestade Barry torna-se o primeiro furacão da época no Atlântico
Tempestade Barry torna-se o primeiro furacão da época no Atlântico
Tempestade Barry torna-se o primeiro furacão da época no Atlântico
Tempestade Barry torna-se o primeiro furacão da época no Atlântico
Tempestade Barry torna-se o primeiro furacão da época no Atlântico
Tempestade Barry torna-se o primeiro furacão da época no Atlântico
Tempestade Barry torna-se o primeiro furacão da época no Atlântico
Tempestade Barry torna-se o primeiro furacão da época no Atlântico
Tempestade Barry torna-se o primeiro furacão da época no Atlântico
Tempestade Barry torna-se o primeiro furacão da época no Atlântico

A tempestade Bary tornou-se o primeiro furacão da época no Atlântico, antes de chegar à costa sul do Louisiana, onde deve provocar graves inundações, devido às chuvas torrenciais e ventos ciclónicos, informou este sábado o Centro Nacional de Furacões norte-americano.

No seu boletim das 11h00 locais de Miami (16h00 em Lisboa), o Centro Nacional de Furacões dos Estados Unidos indicou que o Barry é um furacão de categoria 1 na escala Saffir/Simpson, que vai até à categoria 5, com ventos máximos de 75 milhas por hora (120 quilómetros por hora), noticia a agência Efe.

A mesma fonte precisou que o ciclone se encontrava àquela hora a 40 milhas (65 quilómetros) a sul da cidade de Lafayette e a 50 milhas (80 quilómetros) a oeste de Morgan City, onde se prevê que chegue nas próximas horas.

Ver comentários
Newsletter Diária Resumo das principais notícias do dia, de Portugal e do Mundo. (Enviada diariamente, às 9h e às 18h)