Barra Cofina

Correio da Manhã

Mundo
3

"Tenta ser menos branco": Coca-Cola acusada de racismo em vídeo de formação para funcionários

Denúncia foi feita por um trabalhador da empresa de refrigerantes após ter divulgado de slides do vídeo nas redes sociais.
Correio da Manhã 23 de Fevereiro de 2021 às 09:53
Coca-Cola
Coca-Cola FOTO: Getty Images
A Coca-Cola está a ser criticada e acusada de racismo após a divulgação de um vídeo de incentivo aos trabalhadores para serem "menos brancos".

A denúncia foi feita por um funcionário da empresa de refrigerantes após ter divulgado frames do vídeo nas redes sociais.

De acordo com o Daily Mail, as imagens integram um vídeo de 11 minutos intitulado "Confronting Racism with Robin DiAngelo" ("Enfrenta o racismo com Robin DiAngelo, em português). Depois de serem partilhados, os slides tornaram-se viral e há quem já acuse a Coca-Cola de racismo.

Num dos slides surge a frase "Try to be less white" ("Tenta ser menos branco", em português), seguida de outras afirmações relacionadas com os "ideias brancos".

A empresa confirmou a publicação do vídeo na sua plataforma de formação. "O vídeo em questão estava acessível na plataforma LinkedIn Learning, mas não fazia parte do currículo da empresa. Continuaremos a ouvir os nossos funcionários e a ajustar os nossos programas de aprendizagem conforme apropriado", afirmou o porta-voz, citado pelo jornal britânico.
Coca-Cola economia negócios e finanças media trabalhadores questões sociais racismo
Ver comentários