Barra Cofina

Correio da Manhã

Mundo

TERRORISTA CARLOS EM GREVE DE FOME

O terrorista venezuelano Ilich Ramírez Sánchez, conhecido por 'Carlos', iniciou uma greve de fome em protesto por estar confinado a uma cela disciplinar no centro de detenção de Fresnes, nos arredores de Paris.
5 de Maio de 2004 às 17:37
Isabelle Coutant-Peyre, casada com 'Carlos' desde Agosto de 2001, denunciou que o ministro francês da Justiça, Dominique Perben, ordenou que o terrorista permanecesse numa cela de isolamento, em Fresnes, a 10 de Março último.
Coutant-Peyre, também advogada, disse ainda que o Tribunal Europeu dos Direitos Humanos aceitou, a 19 de Fevereiro último, o pedido do terrorista venezuelano contra o seu confinamento a regime de isolamento durante oito anos e meio, desde a sua detenção no Sudão em Agosto de 1994. Esta situação manteve-se até Outubro de 2002, quando foi transferido para a prisão de Saint Maur, a 260 quilómetros de Paris.
Carlos foi condenado em 1997 a prisão perpétua por um Tribunal francês por triplo assassinato, perpetrado em 1975 em Paris, pesando sobre si outras acusações.
Ver comentários
Newsletter Diária Resumo das principais notícias do dia, de Portugal e do Mundo. (Enviada diariamente, às 9h e às 18h)