Barra Cofina

Correio da Manhã

Mundo
3

TERRORISTAS PRESOS EM ITÁLIA

A Polícia italiana prendeu hoje 28 paquistaneses, suspeitos de pertencerem à organização terrorista Al Qaeda, depois de terem encontrado explosivos suficientes para destruir um edifício de três andares. Os indivíduos vão ser acusados pela justiça italiana de ofensas terroristas.
31 de Janeiro de 2003 às 15:53
As autoridades policiais efectuavam uma rusga a um apartamento de Nápoles, em busca de imigrantes ilegais, quando descobriram perto de um quilo de explosivos, bem como material para detonação por detrás de uma parede falsa. Foram também encontrados textos religiosos islâmicos, fotos de organizações terroristas, mapas da cidade, etc.

Os mapas tinham identificados alguns possíveis alvos, entre os quais, a base militar da NATO, o consulado dos EUA em Nápoles, e a base naval norte-americana perto do aeroporto.

A Polícia italiana acredita que os homens hoje detidos, com idades compreendidas entre os 20 e 48 anos, pertencem à rede terrorista da Al Qaeda.

Depois dos atentados de 11 de Setembro em 2001, mais de 100 pessoas foram presas em Itália sob suspeita de pertencerem a organizações terroristas, 17 dos quais foram condenados e os restantes libertados.
Ver comentários
Newsletter Diária Resumo das principais notícias do dia, de Portugal e do Mundo. (Enviada diariamente, às 9h e às 18h)