Barra Cofina

Correio da Manhã

Mundo
6

Torra e Puigdemont pedem diálogo a Rajoy

Presidente eleito da Catalunha foi a Berlim para frisar que o seu antecessor é o líder legítimo.
Francisco J. Gonçalves 16 de Maio de 2018 às 08:38
Torra e Puigdemont exigiram ao governo espanhol que levante o artigo 155
Quim Torra
Quim Torra
Carles Puigdemont
Torra e Puigdemont exigiram ao governo espanhol que levante o artigo 155
Quim Torra
Quim Torra
Carles Puigdemont
Torra e Puigdemont exigiram ao governo espanhol que levante o artigo 155
Quim Torra
Quim Torra
Carles Puigdemont
O presidente da Catalunha recém-eleito, Quim Torra, visitou esta terça-feira Berlim para reforçar a ideia de que é um líder interino e que o antecessor no cargo, Carles Puigdemont, a viver na capital alemã, é o presidente legítimo. Em conferência de imprensa conjunta, os dois líderes separatistas desafiaram o governo espanhol de Mariano Rajoy "a encontrar uma solução política para o conflito".

"Senhor Rajoy, marque dia e hora para o encontro", pediu Torra, em mensagem secundada por Puigdemont: "Aceite esta oferta para iniciar conversações no respeito mútuo, para encontrar uma solução política para este conflito, pois é impossível resolvê-lo nos tribunais".

Mas a oferta de diálogo foi antecedida por um desafio. Antes de partir para Berlim, Torra anunciou a criação de um Conselho da República e uma Assembleia de Cargos Eleitos, instituições paralelas que visam devolver direitos aos líderes catalães detidos ou inabilitados à luz do art. 155 da Constituição.

O levantamento deste artigo, que suspendeu a autonomia catalã até haver novo governo e presidente eleitos, foi exigido por Torra e já teve resposta.

Rajoy recebeu o líder socialista, Pedro Sánchez, e acordaram que o controlo das finanças catalãs não acaba com o 155 e ainda que a criação de instituições paralelas pode levar ao corte de fundos à região.
Ver comentários
Newsletter Diária Resumo das principais notícias do dia, de Portugal e do Mundo. (Enviada diariamente, às 9h e às 18h)