Barra Cofina

Correio da Manhã

Mundo
9

Torturadora insiste em bruxaria

Uma mulher angolana condenada no Reino Unido por actos de crueldade sobre uma menina de oito anos insistiu ontem que a menina é bruxa.
5 de Junho de 2005 às 00:00
Sita Kisanga
Sita Kisanga FOTO: d.r.
Em entrevista à BBC, Sita Kisanga, de 35 anos, reiterou as suas convicções. “Sei que não é fácil acreditarem, mas as pessoas que acreditam em espíritos sabem que é verdade”.
Kisanga e o irmão, Sebastião Pinto, foram condenados sexta--feira por cumplicidade nos actos de crueldade cometidos pela tia da menina, que espancava a sobrinha com um cinto, com sapatos de salto alto, e lhe esfregava pimenta nos olhos, para exorcizar os espíritos.
Na mesma entrevista Kisanga confirmou, sem os condenar, os espancamentos que eram aplicados pela tia da criança.
Ver comentários