Barra Cofina

Correio da Manhã

Mundo
3

TRABALHISTAS FAVORITOS

Os eleitores holandeses vão hoje às urnas em eleições legislativas antecipadas, com as sondagens a darem o Partido Trabalhista como favorito. A Lista Pim Fortuyn (direita), que alcançou um surpreendente segundo lugar nas eleições do ano passado, deverá quase desaparecer.
22 de Janeiro de 2003 às 00:00
Encabeçados por um novo líder, Wouter Bos, os trabalhistas deverão, segundo as sondagens, ser a formação mais votada, duplicando o número de lugares no Parlamento. Este partido, recorde-se, foi o mais castigado pelo “efeito Pim Fortuyn”, a enorme onda de simpatia popular gerada pelo assassinato do líder da direita dias antes das eleições do ano passado. Os sociais-democratas, actualmente no poder em coligação com a direita e os cristãos--democratas, não deverão ir além dos 40 lugares.

Se os trabalhistas vencerem as eleições, não será Wouter Bos a ocupar o cargo de primeiro-ministro. O candidato trabalhista é o presidente da Câmara de Amesterdão, Job Cohen, que, se for eleito, será o primeiro chefe de governo judeu do país.
Ver comentários
Newsletter Diária Resumo das principais notícias do dia, de Portugal e do Mundo. (Enviada diariamente, às 9h e às 18h)