Barra Cofina

Correio da Manhã

Mundo

Traficantes voltam à favela da Rocinha

Quatro meses após a ocupação da Rocinha pelas forças de segurança, os traficantes de droga estão de volta e ameaçam reassumir o controlo da maior favela do Rio de Janeiro, Brasil.
9 de Abril de 2012 às 01:00
Pelo menos 9 pessoas foram mortas apesar da ocupação policial
Pelo menos 9 pessoas foram mortas apesar da ocupação policial FOTO: Ricardo Moraes/Reuters

Nos últimos dois meses, pelo menos nove pessoas foram assassinadas na favela, entre elas um polícia, e sucedem-se os assaltos. Na última semana ocorreram tiroteios todos os dias, entre traficantes e a polícia, mas também entre grupos rivais de traficantes, deixando a população em pânico.

O alto da favela, o ponto mais estratégico, voltou a ser ocupado pelos criminosos. Na outra parte, controlada pela polícia, uma rede de corrupção que distribui mensalmente dezenas de milhar de euros em subornos a militares e polícias permite a continuação da venda de drogas.

Segundo a imprensa brasileira, o regresso da violência estará relacionado com a detenção dos principais chefes do tráfico, o que levou a que os grupos criminosos rivais se envolvessem numa guerra aberta pelo controlo da favela.

BRASIL RIO DE JANEIRO ROCINHA FAVELA TRÁFICO POLÍCIA
Ver comentários
Newsletter Diária Resumo das principais notícias do dia, de Portugal e do Mundo. (Enviada diariamente, às 9h e às 18h)