Barra Cofina

Correio da Manhã

Mundo
9

Traficavam chineses

Operação conjunta caça 75 pessoas, incluindo os responsáveis máximos da rede
11 de Agosto de 2013 às 01:00

As polícias espanhola e francesa desmantelaram uma vasta rede que introduzia ilegalmente cidadãos chineses em diversos países da Europa e EUA.

A operação conjunta resultou na detenção de 75 pessoas (51 em Espanha e 24 em França). Entre os detidos, a maioria em Barcelona, encontram-se os responsáveis máximos da organização na Europa, que operavam a partir da Cidade Condal. Sob falsas identidades, a organização introduzia os chineses em Espanha (trampolim para o destino final), França, Grécia, Itália, Reino Unido, Irlanda e Turquia, bem como nos EUA, e as vias abertas pela rede também eram usadas para o tráfico de pessoas para fins de exploração sexual. ‘Passadores’ que conheciam muito bem os aeroportos europeus eram encarregados de acompanharem os chineses durante toda a viagem. A rede transportava os chineses em troca de uma dívida vitalícia, que oscilava entre 40 e 50 mil euros.

A polícia apreendeu ainda 81 passaportes falsos de países asiáticos como a Coreia do Sul, Malásia, Japão, Hong Kong ou Singapura.

tráfico chineses europa eua espanha rede
Ver comentários