Barra Cofina

Correio da Manhã

Mundo
8

TRÊS IRAQUIANOS MORTOS EM KIRKUK

Pelo menos três iraquianos morreram e mais de 20 ficaram feridos por balas perdidas disparadas por curdos na cidade de Kirkuk, no norte do Iraque, para celebrar a assinatura, segunda-feira, da nova Constituição iraquiana, que estabelece o direito à autonomia do Curdistão.
9 de Março de 2004 às 09:21
TRÊS IRAQUIANOS MORTOS EM KIRKUK
TRÊS IRAQUIANOS MORTOS EM KIRKUK FOTO: d.r.
Após a assinatura da nova lei fundamental que vai reger o país a partir do próximo dia 30 de Junho, após a transferência de poderes da coligação liderada pelos EUA para os iraquianos, milhares de curdos marcharam sobre a cidade de Kirkuk transportando bandeiras curdas e entoando cânticos.
Os curdos iraquianos sofreram uma dura repressão durante o regime de Saddam Hussein, que chegou a utilizar armas químicas contra algumas das suas aldeias. Após a Guerra do Golfo, em 1991, os curdos conseguiram conquistar à força a autonomia de três províncias no norte do Iraque.
ATAQUE COM GRANADA FERE SETE PESSOAS
Também no norte do Iraque, na cidade de Mosul, rebeldes lançaram esta terça-feira uma granada contra um edifício governamental, tendo ferido sete pessoas, num ataque aparentemente dirigido contra soldados norte-americanos que se encontravam no local.
De acordo com fontes policiais, a explosão da granada de mão feriu seriamente um civil, sendo que os seus estilhaços atingiram também dois polícias, um elemento da segurança e três trabalhadores governamentais que se encontravam no edifício.
Ver comentários
Newsletter Diária Resumo das principais notícias do dia, de Portugal e do Mundo. (Enviada diariamente, às 9h e às 18h)