Apanha três meses de prisão por enganar radar com laser na matrícula

Michael foi condenado a pagar uma multa de 1700 euros.
12.02.19
Um condutor britânico foi esta segunda-feira condenado a cumprir três meses de prisão e vai ser obrigado a pagar uma multa, tudo isto porque decidiu instalar um laser na zona da matricula do seu carro para perturbar a captação de informação do radar.

O caso começou a ser julgado em fevereiro de 2018, quando o BMW Série 3 de Michael Twizell foi apanhado em alta velocidade numa estrada de Inglaterra por um radar, no entanto o sistema laser que o homem tinha instalado acabou por perturbar a deteção de velocidade do radar.

Esta segunda-feira, Michael foi condenado a três meses de prisão e a uma multa de 1700 euros.


pub

pub

Ver todos os comentários
Para comentar tem de ser utilizador registado, se já é faça
Caso ainda não o seja, clique no link e registe-se em 30 segundos. Participe, a sua opinião é importante!