Barra Cofina

Correio da Manhã

Mundo
5

Três raparigas mortas quando tentavam explodir-se

Tentativa de ataque suicida aconteceu na Nigéria.
4 de Janeiro de 2017 às 20:28
Nigéria, Boko Haram, ataque suicida, Yusuf Muhammad Gulak, distúrbios, guerras e conflitos
Nigéria, Boko Haram, ataque suicida, Yusuf Muhammad Gulak, distúrbios, guerras e conflitos FOTO: Getty Images
Pelo menos três raparigas suicidas morreram esta quarta-feira quando tentavam fazer-se explodir num mercado no nordeste da Nigéria, anunciaram as autoridades civis e militares.

As autoridades acusaram o grupo extremista Boko Haram.

Segundo o presidente do conselho de Madagali, Yusuf Muhammad Gulak, as raparigas foram confrontadas por um grupo de autodefesa dos cidadãos, tendo uma ativado os seus explosivos e morrido juntamente com outra. Uma terceira foi abatida quando tentou fugir.

Em dezembro, duas bombistas suicidas mataram 57 pessoas e feriram 177, incluindo 120 crianças, num mercado em Madagali.

O grupo Boko Haram quer instaurar um califado no norte da Nigéria, região maioritariamente muçulmana, ao contrário do sul, de maioria cristã, tendo já provocado a morte a milhares de pessoas.
Nigéria Boko Haram ataque suicida Yusuf Muhammad Gulak distúrbios guerras e conflitos
Ver comentários