Barra Cofina

Correio da Manhã

Mundo

Três mil pessoas com ligações ao Estado Islâmico na Turquia

Cerca de 3 mil pessoas na Turquia mantêm laços com o Estado Islâmico
17 de Janeiro de 2015 às 16:29
Primeiro-ministro turco diz que a Turquia pondera aumentar o seu papel na coligação contra o Estado Islâmico
Primeiro-ministro turco diz que a Turquia pondera aumentar o seu papel na coligação contra o Estado Islâmico FOTO: Murad Sezer/Reuters

Cerca de três mil pessoas mantêm ligações com o Estado Islâmico (EI) na Turquia, estima um relatório dos serviços de informações turcos, que adverte para o risco de ataques contra interesses ocidentais no país.

O relatório, publicado este sábado pelo jornal Hürriyet, apela para uma maior monitorização destas pessoas para determinar o papel exacto de cada uma.


Indica ainda que foi enviado aos serviços de segurança um "alerta vermelho" sobre a possibilidade de existência de ataques contra as embaixadas dos países ocidentais por parte dos 'jihadistas' do EI. Cidadãos ocidentais e infraestruturas da NATO poderão também ser visados, acrescentam os serviços de informação.

"Células adormecidas" na Turquia
O relatório alerta também para a possibilidade de ataques indiscriminados perpetrados por "células adormecidas" na Turquia.


Cerca de 700 cidadãos turcos juntaram-se às fileiras do EI na Síria, o que fez aumentar o risco de um atentado na Turquia em caso de regresso ao país, disse quinta-feira o ministro dos Negócios Estrangeiros turco, Mevlüt Cavusoglu.

Cavusoglu adiantou, ainda, que a Turquia interditou a entrada no seu território de 7250 pessoas suspeitas de terem estado na Síria e expulsou 1160 'jihadistas'.


O governo conservador islâmico turco é acusado pelos seus aliados ocidentais de não cooperar o suficiente na luta pelo desmantelamento das fileiras 'jihadistas' que passam pelo seu território.

terroristas ligações Estado Islâmico Turquia
Ver comentários
Newsletter Diária Resumo das principais notícias do dia, de Portugal e do Mundo. (Enviada diariamente, às 9h e às 18h)