Barra Cofina

Correio da Manhã

Mundo
9

Tribunal do Brasil proíbe campanha que sugeria o regresso ao trabalho

Para os juízes, esse tipo de mensagens "poderia agravar o risco de propagação" da covid-19.
Lusa 28 de Março de 2020 às 16:42
Coronavírus
Coronavírus
O Ministério Público brasileiro proibiu hoje o Governo de Jair Bolsonaro de "promover peças publicitárias" que incentivem o regresso ao trabalho e contrariem as medidas restritivas impostas pelos governadores regionais para conter a propagação da covid-19.

A decisão da juíza do Ministério Público Laura Bastos Carvalho, do Rio de Janeiro, deu seguimento a um recurso contra possíveis campanhas publicitárias institucionais que incentivem os brasileiros a voltar à normalidade sem ter por base "documentos técnicos".

Para os juízes, esse tipo de mensagens "poderia agravar o risco de propagação" da covid-19 no Brasil, que em apenas um mês já registou 92 mortos e quase 3.500 casos confirmados, segundo o último balanço do Ministério da Saúde.

Ver comentários