Barra Cofina

Correio da Manhã

Mundo
3

Trinta e dois mortos em festival religioso na Índia

Multidão em pânico durante festividade na zona oriental da Índia provocou ainda dezenas de feridos.
3 de Outubro de 2014 às 20:49
Criança ferida foi transportada para o hospital após uma debandada de um festival religioso, na Índia
Criança ferida foi transportada para o hospital após uma debandada de um festival religioso, na Índia FOTO: STR/EPA

Uma onda de pânico durante uma festa popular no estado indiano de Bihar provocou esta sexta-feira 32 mortos e várias dezenas de feridos, anunciaram as autoridades locais.

Milhares de pessoas celebravam o festival 'Dussehra' em Patna, capital do estado de Bihar, quando a movimentação da multidão provocou o acidente. "Temos informações de que 32 pessoas, incluindo mulheres e crianças, morreram devido ao tumulto" em Patna, disse à agência AFP o diretor da polícia do Estado de Bihar, Gupteshwar Pandey, que acrescentou que "dezenas de pessoas ficaram gravemente feridas". De acordo com as mesmas fontes, não ficou claro o que gerou o pânico, que aconteceu numa altura em que a multidão abandonava o local depois de ter assistido à queima de efígies gigantes do rei demónio hindu Ravana, para celebrar a vitória do bem sobre o mal.


Imagens televisivas mostraram pessoas com roupas rasgadas, descalças, durante o momento de pânico e há quem fale de superlotação durante o festival e falta de iluminação no local. A Índia tem uma longa história de tumultos mortais em festivais religiosos, num país onde os regulamentos de segurança são escassos.

mortos feridos festival religioso Índia
Ver comentários
Newsletter Diária Resumo das principais notícias do dia, de Portugal e do Mundo. (Enviada diariamente, às 9h e às 18h)