Barra Cofina

Correio da Manhã

Mundo
8

Trump defende filho no caso do apoio russo e volta a falar de "caça às bruxas"

Presidente americano elogia Trump Jr. por ter sido "transparente" ao revelar mails.
12 de Julho de 2017 às 12:03
Donald Trump
Donald Trump com o filho mais velho, conhecido como Trump Jr.
Donald Trump Jr.
 Donald Trump Jr
Donald Trump
Donald Trump com o filho mais velho, conhecido como Trump Jr.
Donald Trump Jr.
 Donald Trump Jr
Donald Trump
Donald Trump com o filho mais velho, conhecido como Trump Jr.
Donald Trump Jr.
 Donald Trump Jr
Donald Trump voltou a usar o Twitter para mandar recados à imprensa, mas desta vez também para elogiar o filho, Donald Trump JR. Um dia depois de Junior ter revelado toda a corrente de emails que o levou a reunir-se com uma advogada russa que lhe prometera informação confidencial obtida pelo governo russo para prejudicar Hillary Clinton, Trump diz que o filho procedeu bem.

"O meu filho Donald fez um bom trabalho, ontem à noite. Foi aberto, transparente e inocente. Esta é a maior caça às bruxas na história política. Triste!", escreveu o presidente americano.




Trump voltou a atacar a imprensa num segundo tweet. "Lembrem-se, quando ouves o Media Falsos usar as palavras 'fontes dizem', muitas vezes estas fontes são inventadas e não existem".




Nos mails revelados esta terça-feira, Trump Junior mostra que foi abordado por um promotor do concurso Miss Universo - cujos direitos pertencem a Trump - que lhe queria fazer chegar informação recolhida pelos russos, que estaria integrada no apoio do governo de Putin à sua eleição. "Adoro", disse JR em resposta à oferta.

O filho do presidente reuniu-se com a tal advogada em julho de 2016, mas nega que lhe tenha sido passado qualquer segredo sobre Hillary Clinton.
Ver comentários