Barra Cofina

Correio da Manhã

Mundo
2

Trump diz que a casa Branca é "uma autêntica lixeira"

Presidente americano faz desabafo após demissões em série.
Lusa 2 de Agosto de 2017 às 07:47
Donald Trump, presidente dos EUA
Anthony Scaramucci esteve dez dias na Casa Branca. Provocou duas demissões e uma tempestade
Reince Priebus com o presidente Donald Trump, nos tempos em que era secretário geral da Casa Branca
John Kelly, secretário-geral da Casa Branca
Donald Trump, presidente dos EUA
Anthony Scaramucci esteve dez dias na Casa Branca. Provocou duas demissões e uma tempestade
Reince Priebus com o presidente Donald Trump, nos tempos em que era secretário geral da Casa Branca
John Kelly, secretário-geral da Casa Branca
Donald Trump, presidente dos EUA
Anthony Scaramucci esteve dez dias na Casa Branca. Provocou duas demissões e uma tempestade
Reince Priebus com o presidente Donald Trump, nos tempos em que era secretário geral da Casa Branca
John Kelly, secretário-geral da Casa Branca
O Presidente norte-americano, Donald Trump, disse a membros do seu clube de golfe em Nova Jérsia que passa tanto tempo fora de Washington porque a Casa Branca era uma "autêntica lixeira".

A Casa Branca não respondeu a um pedido de comentário da agência AP sobre a notícia, que apareceu num extenso artigo colocado no sítio da internet golf.com.

A história sobre o gosto de Trump pelo golfe também apareceu na revista Sports Illustrated.

No texto conta-se um episódio no qual Trump está a trocar impressões com alguns membros do clube. O atual Presidente dos EUA disse a estes que aparece tantas vezes na sua propriedade em Bedminster, no Estado de Nova Jérsia, porque, justificou, "a Casa Branca é uma autêntica lixeira".

Trump passou praticamente todos os fins de semana da sua presidência a visitar várias propriedades que possui ou tem arrendado, incluindo Bedminster.

As palavras vêm deitar mais lenha na fogueira em que a Casa Branca mergulhou nos últimos dias. A chegada de Anthony Scaramucci, amigo pessoal de Trump ao cargo de diretor de comunicação, precipitou uma série de demissões.

Logo à chegada, saiu Sean Spicer, responsável pela comunicação com a imprensa. Agastado pelas fugas de informação, Scaramucci telefonou a um jornalista a queixar-se - usando linguagem grosseira e de conteúdo sexual - de várias figuras de Casa Branca, como Steve Bannon (conselheiro principal de Trump) e, sobretudo, Reince Preibus, secretário geral. A conversa foi publicada pela revista New Yorker, provocando a demissão de Preibus. 

Trump nomeou como novo secretário geral o general John Kelly. E, apenas 10 dias após ter entrado na Casa Branca, Anthony Scaramucci saiu.
Ver comentários