Barra Cofina

Correio da Manhã

Mundo
4

Trump quer acelerar redução dos impostos das sociedades de 35% para 15%

Presidente dos EUA quer a medida pronta para ser aprovada na próxima quarta-feira.
24 de Abril de 2017 às 22:15
O presidente dos EUA, Donald Trump
O presidente dos EUA, Donald Trump
Presidente dos EUA, Donald Trump
Presidente dos EUA, Donald Trump
O presidente dos EUA, Donald Trump
O presidente dos EUA, Donald Trump
Presidente dos EUA, Donald Trump
Presidente dos EUA, Donald Trump
O presidente dos EUA, Donald Trump
O presidente dos EUA, Donald Trump
Presidente dos EUA, Donald Trump
Presidente dos EUA, Donald Trump
O Presidente norte-americano, Donald Trump, ordenou aos seus colaboradores que acelerem um plano para reduzir de 35% para 15% o imposto sobre as sociedades, informou esta segunda-feira o jornal The Wall Street Journal.

O diário, que cita fontes ligadas ao processo, refere que durante uma reunião que manteve na semana passada, para despacho, com os seus colaboradores, Trump anunciou que quer que a redução fiscal esteja pronta para que seja aprovada na próxima quarta-feira.

Na passada sexta-feira, Trump afirmou que na próxima quarta-feira fará "um anúncio importante" relacionado com a sua prometida reforma fiscal que é esperada em Wall Street, para tornar mais clara a política tributária da nova administração.

O jornal recorda que a redução de 35% para 15% do imposto corresponde à vontade das empresas e era uma das promessas eleitorais de Donalde Trump.

Essa decisão, segundo defendeu Trump, procura evitar que empresas norte-americanas fixem a sua sede fiscal em países com taxas tributárias menores, pois crê que se se baixarem os impostos nos Estados Unidos ("haverá uma massiva repatriação de capitais").

O jornal adianta que o secretário do Tesouro, Steven Mnuchin, e o diretor do Conselho Económico Nacional, Gary Cohn, vão reunir-se na terça-feira com os chefes do Congresso para analisar esta proposta de redução fiscal.

Nessa reunião, estarão o chefe da maioria republicana no Senado, Mitch McConnell, o presidente da Câmara dos Representantes, Paul Ryan, o presidente do Comité de Finanças do Senado, Orrin Hatch, e o congressista Kevin Brady, do Texas.

De acordo com dados citados pelo jornal, uma redução de 20 pontos percentuais no imposto das sociedades representa uma diminuição do encaixe do Estado em cerca de dois mil milhões de dólares, já que cada ponto percentual equivale a 100 milhões de dólares.

A medida, a ser aprovada finalmente pelo Congresso, elevará o défice público dos Estados Unidos, um dos temas contra os quais Trump insistiu na sua campanha eleitoral.
Estados Unidos Donald Trump Gary Cohn Orrin Hatch Steven Mnuchin Congresso Paul Ryan Mitch McConnell
Ver comentários