Barra Cofina

Correio da Manhã

Mundo
2

Tufão Megi ameaça Macau

A aproximação do super-tufão Megi a Macau, que já obrigou ao adiamento da Festa da Lusofonia, poderá paralisar o território na sexta-feira, quando os serviços de meteorologia estimam que passe próximo da cidade.
20 de Outubro de 2010 às 09:50
O tufão Megi à sua passagem pelas Filipinas
O tufão Megi à sua passagem pelas Filipinas FOTO: EPA

Fong Soi Kun, director dos Serviços Meteorológicos e Geofísicos de Macau, explicou que o Megi está a uma distância de 630 quilómetros do Sudeste de territrório chinês deslocando-se "lentamente", para Norte.

"A manter esta trajectória, o tufão Megi vai passar, na sexta-feira, no ponto mais próximo de Macau, a cerca de 200 quilómetros a Leste, mas a sua dimensão e intensidade, com ventos de 173 quilómetros por hora, podem obrigar a que seja hasteado o sinal número 8", disse Fong Soi Kun.

Com o sinal 8, a actividade de Macau paralisa por completo - com excepção dos casinos, que funcionam com os jogadores que estão nas instalações -, restringindo-se a circulação ao mínimo necessário.

A população é aconselhada a ficar em casa devido aos ventos fortes e às chuvas. O tufão Megi à sua passagem pelas Filipinas matou pelo menos 11 pessoas.

tufão Megi Macau
Ver comentários