Barra Cofina

Correio da Manhã

Mundo

Turista japonês tentou dar o golpe no Rio

Um turista japonês de 27 anos que escolheu o Rio de Janeiro para passar o Carnaval, foi preso pela polícia especial de apoio ao turismo daquela cidade brasileira depois de tentar dar um golpe. Ele forjou ter sido furtado e ficado sem os seus objectos pessoais, equipamentos electrónicos e dinheiro, mas a polícia descobriu que era mentira.
11 de Março de 2011 às 02:40

Quando Takuya Nemoto entrou na esquadra especializada, parecia apenas mais um dos muitos turistas brasileiros e estrangeiros que vão pedir ajuda por terem sido assaltados na bonita mas perigosa capital fluminense. E ele desempenhou exactamente esse papel, contando que tinha sido assaltado e ficado sem nada, principalmente dinheiro e equipamentos electrónicos caros, e que precisava de ajuda e que lhe passassem um documento confirmando o furto, para ele receber uma indemnização da companhia de seguros e da agência de viagens.

A narrativa do turista nipónico até é comum naquela esquadra e normalmente corresponde à verdade, mas, desta feita, algo na história não convenceu os agentes. Enquanto uns continuavam o atendimento, outros polícias foram à pousada onde o japonês informara estar hospedado e descobriram a farsa, pois tudo o que o oriental dissera ter sido furtado estava na sua bagagem.

O turista foi preso em flagrante, por tentativa de fraude e falsa comunicação de crime. Em 2009, duas jovens turistas inglesas tentaram dar o mesmo golpe para receberem o seguro e ficarem mais uns dias na capital fluminense, mas foram descobertas e, antes de serem deportadas, passaram algumas semanas numa prisão feminina do Rio.

Ver comentários
Newsletter Diária Resumo das principais notícias do dia, de Portugal e do Mundo. (Enviada diariamente, às 9h e às 18h)