Barra Cofina

Correio da Manhã

Mundo
8

Turquia bombardeia forças especiais dos Estados Unidos "por engano"

Bombardeamento aconteceu dias após Donald Trump ter ordenado a retirada forças americanas.
Correio da Manhã 12 de Outubro de 2019 às 01:10
Soldados turcos
Soldados turcos
Soldados turcos
Soldados turcos
Soldados turcos
Soldados turcos
Soldados turcos
Soldados turcos
Soldados turcos
A Turquia bombardeou uma unidade de forças especiais dos Estados Unidos esta sexta-feira no norte da Síria dias após o presidente norte-americano, Donald Trump ter ordenado a retiradas das mesmas do território sírio. 

De acordo com a CNN, o ataque ocorreu quando as tropas turcas se preparavam para atacar os curdos. Segundo as autoridades americanas, o ataque poderá ter sido uma forma de pressionar as forças norte-americanas a abandonarem aquele território ou "um engano" da mira dos militares turcos, uma vez que a artilharia lançada caiu a várias centenas de metros de onde estavam as tropas situadas. 

De acordo com um porta-voz do Pentágono - sede do Departamento de Defesa dos Estados Unidos - o local para onde foi lançado fogo é onde se localizam as tropas americanas e essa é uma informação conhecida pelos turcos. A mesma fonte oficial garante que ninguém ficou ferido como resultado deste bombardeamento. 

O bombardeamento deu-se em Kobani, uma cidade fronteiriça sob controlo curdo. As forças turcas estão a dirigir-se para a região para reivindicá-la do YPG, uma organização armada curda.
Turquia Estados Unidos Donald Trump bombardeamento
Ver comentários
Newsletter Diária Resumo das principais notícias do dia, de Portugal e do Mundo. (Enviada diariamente, às 9h e às 18h)