Barra Cofina

Correio da Manhã

Mundo
9

Turquia prolonga estado de emergência

País vai continuar em alerta após referendo.
17 de Abril de 2017 às 10:55
Presidente turco, Recep Tayyip Erdogan
Recep Tayyip Erdogan
Recep Tayyip Erdogan
Recep Tayyip Erdogan
Recep Tayyip Erdogan
Recep Tayyip Erdogan, líder turco
Recep Tayyip Erdogan
Recep Tayyip Erdogan a exercer o seu direito de voto sobre uma reforma constitucional
Presidente turco, Recep Tayyip Erdogan
Recep Tayyip Erdogan
Recep Tayyip Erdogan
Recep Tayyip Erdogan
Recep Tayyip Erdogan
Recep Tayyip Erdogan, líder turco
Recep Tayyip Erdogan
Recep Tayyip Erdogan a exercer o seu direito de voto sobre uma reforma constitucional
Presidente turco, Recep Tayyip Erdogan
Recep Tayyip Erdogan
Recep Tayyip Erdogan
Recep Tayyip Erdogan
Recep Tayyip Erdogan
Recep Tayyip Erdogan, líder turco
Recep Tayyip Erdogan
Recep Tayyip Erdogan a exercer o seu direito de voto sobre uma reforma constitucional

O estado de emergência vai ser prolongado na Turquia após o referendo, que deu a vitória ao "sim" apoiado pelo presidente Tayyip Erdogan, este domingo. 

A decisão está a ser avançada pelas principais agências noticiosas internacionais. 

O "período do estado de emergência" em vigência deveria terminar no próximo dia 19 de abril, três dias depois da realização do referendo constitucional.

Recorde-se que o mesmo foi promovido pelo Partido da Justiça e do Desenvolvimento (AKP) que defende um sistema presidencialista, conferindo para o chefe de Estado todo o poder executivo. 

Quanto ao estado de emergência, esse foi imposto a 20 de julho do ano passado, cinco dias depois do fracassado golpe militar de 15 de julho. Desde então, tem sido prolongado a cada três meses.

Partido da Justiça e do Desenvolvimento Turquia Tayyip Erdogan AKP chefe de Estado política referendo
Ver comentários
Newsletter Diária Resumo das principais notícias do dia, de Portugal e do Mundo. (Enviada diariamente, às 9h e às 18h)