Barra Cofina

Correio da Manhã

Mundo
1

Twitter complicou captura dos culpados dos atentados

260 mil pessoas escutavam os relatos policiais em direto.
21 de Abril de 2013 às 16:08
Os utilizadores do Twitter publicaram links das comunicações policiais
Os utilizadores do Twitter publicaram links das comunicações policiais FOTO: Boston Police Department

Antes da captura do suspeito Dzhokhar Tsaenaeve, de 19 anos, a polícia de Boston deparou-se com complicações provenientes das redes sociais.

Na noite de sexta-feira, os utilizadores do Twitter publicaram links das comunicações policiais. Acabou por ser revelada a localização exata do esconderijo do suspeito - Tsaenaeve encontrava-se dentro de um barco nas traseiras de uma casa em Watertown no Massachusetts.

Quando as autoridades se estavam a preparar para avançar, cerca de 260 mil pessoas escutavam os relatos policiais em direto, através do Twitter e do site de partilha de vídeos UStream.

"ESTÁ A SER TRANSMITIDO AO VIVO NA INTERNET"

O Departamento policial de Boston já tinha apelado aos cidadãos para não transmitirem online qualquer posição tática, uma vez que a segurança das autoridades poderia ficar comprometida.

O diálogo entre os membros da polícia sugeriu que tinham conhecimento da situação online, tomando precauções para evitar a divulgação de informação confidencial.

Boston Twitter Dzhokhar Tsaenaeve Watertown Masssachusetts UStream
Ver comentários
Newsletter Diária Resumo das principais notícias do dia, de Portugal e do Mundo. (Enviada diariamente, às 9h e às 18h)