Barra Cofina

Correio da Manhã

Mundo
8

Um sinal de esperança: Vacinas da Pfizer contra a Covid-19 começam a sair da linha de produção

Se testes forem um sucesso e os reguladores considerarem seguro, fármaco deverá estar disponível até ao final do ano.
Correio da Manhã 18 de Outubro de 2020 às 12:18
Vacinas para a Covid-19
Vacinas para a Covid-19 FOTO: Direitos Reservados
Há muito que ansiamos e sonhamos com a vacina contra a Covid-19. À medida que novos casos surgem e as previsões se tornam cada vez mais negras, qualquer sinal de esperança é um sinal positivo. 

O jornal britânico Daily Mail divulgou as primeiras imagens das vacinas da gigante farmacêutica Pfizer na linha de produção. No vídeo é possível ver millhares de pequenos frascos a serem ultimados para serem posteriormente distribuídos mundialmente. 

Segundo o The Mail, já foram fabricadas "várias centenas de milhares de doses" do fármaco na fábrica da farmacêutica em Puurs, Bélgica. 

Após fabrico, todos estes frascos serão armazenados de forma a estarem prontos para lançamento mundial quando, e se, os testes clínicos se revelarem um sucesso e os reguladores considerarem esta vacina segura e eficaz. 

A gigante americana espera disponibilizar 100 milhões de doses ainda este ano - que serão distribuídas pelos vários países - e espera ainda 1,3 bilhão de frascos fabricados em 2021.

A Pfizer, trabalha em parceria com a BioNTech da Alemanha, e está atualmente a fazer testes a 44 mil pessoas. Na semana passada a empresa assumiu que planeia solicitar a aprovação de emergência dos EUA para a vacina em novembro. 

Covid-19 Pfizer economia negócios e finanças saúde Informação sobre empresas
Ver comentários