Barra Cofina

Correio da Manhã

Mundo
1

União Europeia condena execução de 24 pessoas na Síria por provocarem incêndios

União classificou castigo como "cruel, desumano e degradante".
Lusa 23 de Outubro de 2021 às 13:17
União Europeia
União Europeia FOTO: iStockphoto
A União Europeia considerou, este sábado, "um castigo cruel, desumano e degradante" a execução de 24 pessoas na Síria acusadas de "atos terroristas" por provocarem incêndios florestais em setembro e outubro de 2020.

"A União Europeia opõe-se firmemente à pena de morte em qualquer momento e em qualquer circunstância. É um castigo cruel, desumano e degradante, que não tem um efeito dissuasório em relação ao crime e representa uma negação inaceitável da dignidade e da integridade humanas", afirmou um porta-voz do Serviço Europeu para a Ação Externa, num comunicado.

A União Europeia considerou também preocupante que menores de idade tenham sido condenados a penas de prisão entre dez e 12 anos por acusações similares.

União Europeia Síria política autoridades locais
Ver comentários