União Europeia prolonga licença do pesticida Glifosato

Pesticida que a ONU diz ter potencial cancerígeno vai continuar à venda. Portugal absteve-se.
27.11.17

Os estados membros da União Europeia aprovaram esta segunda-feira a extensão da autorização de utilização de pesticidas à base de glifosato - ingrediente principal do herbicida mais vendido pela multinacional Monsanto - por mais cinco anos.

Depois de vários adiamentos da decisão, a Comissão Europeia anunciou esta segunda-feira que 18 países votaram a favor da recomendação da comissão de prolongar a autorização da utilização do gilofosato. Nove países votaram contra e um - Portugal -  absteve-se, conseguindo-se a maioria necessária à aprovação.

Portugal absteve-se na votação, mantendo, segundo fonte do Ministério da Agricultura, a posição assumida desde o início face ao herbicida, tendo a renovação da licença merecido voto positivo da Alemanha, Bulgária, Dinamarca, Eslovénia, Eslováquia, Espanha, Estónia, Finlândia, Holanda, Hungria, Irlanda, Letónia, Lituânia, Polónia, Reino Unido, República Checa, Roménia e Suécia, que representam 65,71% da população dos 28.

pub

pub

Ver todos os comentários
Para comentar tem de ser utilizador registado, se já é faça
Caso ainda não o seja, clique no link e registe-se em 30 segundos. Participe, a sua opinião é importante!