Barra Cofina

Correio da Manhã

Mundo
1

UNICEF vence Prémio Príncipe das Astúrias

A UNICEF, Fundo das Nações Unidas para a Infância, foi galardoada esta quarta-feira com o Prémio Concórdia Príncipe das Astúrias, em reconhecimento pelo trabalho desenvolvido durante 60 anos a favor dos direitos da infância e, mais recentemente, “na luta contra a ignorância, a pobreza e a doença no continente africano”.
13 de Setembro de 2006 às 15:37
O vice-presidente da UNICEF, Gabrielle Guzmán, aproveitou a concessão do prémio para pedir “mais empenho” na procura de um “mundo mais solidário” e afirmou que a organização recebe o prémio com muita alegria, recordando o seu “marcado cariz solidário”.
Para o futuro, o responsával da UNICEF renovou a vontade da organização continuar a trabalhar para conseguir atingir os Objectivos do Milénio assumidos pela comunidade internacional em 2002, destacando nomeadamente a necessidade de combater a pobreza e a miséria no mundo.
A candidatura da organização das Nações Unidas foi proposta pelo actual secretário-geral ibero-americano, Enrique Iglesias, distinguido pelo Prémio Príncipe das Astúrias de Cooperação Internacional em 1982.
No total, registaram-se 57 candidaturas ao prémio provenientes de 24 países. A UNICEF foi um dos seis finalistas, disputando o prémio, no valor de 50 mil euros, com a Organização Internacional do Trabalho, os Bombeiros de Nova Iorque, o actor Paul Newman, a Organização Nacional de Transplantes, a ONCE (Organização Nacional de Cegos Espanhóis) e a cantora sul-africana Miriam Makeba.
Ver comentários
Newsletter Diária Resumo das principais notícias do dia, de Portugal e do Mundo. (Enviada diariamente, às 9h e às 18h)