Barra Cofina

Correio da Manhã

Mundo
2

Uniões gay contestadas

Pelo menos 19 apoiantes da extrema-direita detidos junto à sede do Partido Socialista.
27 de Maio de 2013 às 01:00

Centenas de milhares de pessoas protestaram ontem em Paris contra a legalização do casamento entre pessoas do mesmo sexo, aprovada na semana passada pelo Parlamento.

O protesto, que a organização diz ter juntado cerca de um milhão de pessoas, ficou marcado por vários incidentes, incluindo um ‘assalto’ de ativistas de extrema-direita à sede do Partido Socialista, com manifestantes a treparem ao telhado e a exibirem um cartaz a exigir a demissão do presidente François Hollande. Pelo menos 19 pessoas foram presas. Já no sábado, outros 50 manifestantes tinham sido detidos, após cortarem o trânsito nos Campos Elísios e soltarem bombas de fumo.

De igual modo, na Polónia, milhares de pessoas saíram ontem à rua em Varsóvia em defesa da família tradicional e contra os casamentos gay.

gay protesto união França
Ver comentários
Newsletter Diária Resumo das principais notícias do dia, de Portugal e do Mundo. (Enviada diariamente, às 9h e às 18h)