Barra Cofina

Correio da Manhã

Mundo
7

Universitárias despem-se para calendário solidário

Fotos do calendário de 2014 foram proibidas pelo Facebook por serem "muito pornográficas".
C.C. 10 de Outubro de 2014 às 17:00
Fotos do calendário de 2014 foram proibidas pelo Facebook por serem "muito pornográficas".

As jovens do clube de remo feminino da Universidade de Warwick, no Reino Unido, voltaram a despir-se para um calendário com fins solidários. O dinheiro angariado com as vendas do calendário de 2015, à semelhança do que aconteceu nos anos anteriores, vai ser doado à Macmillan Cancer Support, uma associação britânica que apoia doentes com cancro.

Este é o terceiro ano em que as jovens, com idades compreendidas entre os 18 e 21 anos, posam nuas para um calendário. Apesar do caráter solidário da iniciativa, o Facebook proibiu, nos anos anteriores, a publicação das fotos na rede social, classificando-as de "muito pornográficas".

Mesmo sem a preciosa ajuda da maior rede social da Internet do mundo, as universitárias conseguiram vender mais de 1.500 exemplares e doar cinco mil libras (cerca de 6 mil euros) à Macmillan Cancer Support.

"Ficámos desapontadas quando a página foi removida porque somos estudantes de comunicação social e é uma das melhores maneiras de podermos comercializar e divulgar o calendário", explicou Sophie Bell, de 20 anos, ao Daily Mail.

Calendário de 2015 já com 200 pré-encomendas

O sucesso das edições anteriores do calendário promete repetir-se em 2015. Ainda sem estar à venda, o clube de remo feminino da Universidade de Warwick já recebeu 200 pré-encomendas. Uma das instituições interessadas na compra é a Federação de Remo Gay e Lésbica em Boston, nos EUA.


calendário nudez remo Universidade de Warwick Reino Unido Sophie Bell Daily Mail
Ver comentários
Newsletter Diária Resumo das principais notícias do dia, de Portugal e do Mundo. (Enviada diariamente, às 9h e às 18h)