Barra Cofina

Correio da Manhã

Mundo
2

Variante do coronavírus descoberta no Reino Unido circula em 25 países europeus, garante OMS

Diretor regional europeu OMS defendeu que todos os países europeus devem aumentar esforços para apurar sequências genéticas de amostras do SARS-CoV-2.
Lusa 14 de Janeiro de 2021 às 13:48
Coronavírus
Coronavírus FOTO: Luís Alvarez
A nova variante do SARS-CoV-2 descoberta no Reino Unido já foi detetada em pelo menos 25 países europeus, incluindo a Rússia, afirmou esta quinta-feira o diretor regional europeu da Organização Mundial de Saúde (OMS).

Em conferência de imprensa em russo, o belga Hans Kluge lembrou que o novo coronavírus, como todos, "muda com o tempo" e garantiu compreender o alarme pelo surgimento de variantes como a designada por B117, identificada em setembro passado no Reino Unido.

Kluge defendeu que todos os países europeus devem aumentar esforços para apurar sequências genéticas de amostras do SARS-CoV-2 e trocar informações sobre elas.

O responsável do departamento imunológico da OMS Europa, Oleg Benesh, salientou que há "dúvidas legítimas" sobre a eficácia das vacinas já disponíveis contras as novas variantes, mas que "não há provas de que a imunidade adquirida [com as vacinas] não proteja".

"A vacina gera imunidade contra os antigénios do vírus, esta imunidade é policlonal, ou seja, produz anticorpos contra diferentes fragmentos e antigénios do vírus e é por isso que esperamos que funcionem, não temos provas do contrário", considerou.

Hans Kluge indicou que no ano passado houve 26 milhões de casos de contágio e mais de 580.000 mortes na região europeia.

"Desde o começo do ano, mais de 280 milhões de habitantes da região europeia estão em condições de confinamento total e durante a semana passada aumentou o número de países que anunciaram confinamentos parciais. Na região continuam a verificar-se índices muito altos de transmissão da infeção", notou.

O diretor europeu da OMS apontou que "2021 ainda será um ano de pandemia, mas enfrenta-se uma situação mais controlável e previsível", para o que contribuirão as campanhas de vacinação que já decorrem em 31 países europeus.

"Dez países concentram 95% de todas as vacinas, por isso temos que trabalhar intensamente para conseguir uma vacinação uniforme em todos", referiu.

Portugal registou pelo menos 72 casos de contágio pela nova variante do SARS-CoV-2, segundo o Instituto Nacional de Saúde Doutor Ricardo Jorge (INSA), que os identificou em 28 concelhos.

Na última atualização das análises genéticas ao novo coronavírus, divulgada na terça-feira, o INSA afirma que os dados da nova variante, mais contagiosa, detetada no Reino Unido "apontam para a existência de transmissão comunitária".

O INSA, que já analisou 2.342 sequências do genoma do SARS-CoV-2 a partir de amostras recolhidas em pessoas infetadas, detetou "38 novas sequências da nova variante" em amostras recolhidas nos aeroportos de Lisboa e Porto e junto de todas as regiões de saúde do país, exceto da Madeira.

A pandemia de covid-19 provocou pelo menos 1.979.596 mortos resultantes de mais de 92,3 milhões de casos de infeção em todo o mundo, segundo um balanço feito pela agência francesa AFP.

Em Portugal, morreram 8.236 pessoas dos 507.108 casos de infeção confirmados, de acordo com o boletim mais recente da Direção-Geral da Saúde.

Mais informação sobre a pandemia no site dedicado ao coronavírus - Mapa da situação em Portugal e no Mundo. - Saiba como colocar e retirar máscara e luvas - Aprenda a fazer a sua máscara em casa - Cuidados a ter quando recebe uma encomenda em casa. - Dúvidas sobre coronavírus respondidas por um médico Em caso de ter sintomas, ligue 808 24 24 24
SARS-CoV-2 saúde doenças epidemias e pragas OMS Europa Reino Unido Portugal covid-19
Ver comentários