Barra Cofina

Correio da Manhã

Mundo
4

Vários mortos na sequência de tiros em Bangui

Médicos Sem Fronteiras revelaram que feridos foram levados para o hospital comunitário.
5 de Dezembro de 2013 às 10:56
Número certo de vítimas ainda é desconhecido
Número certo de vítimas ainda é desconhecido FOTO: AFP/Getty Images

O chefe da missão dos Médicos Sem Fronteiras (MSF) na República Centro-Africana afirmou, esta quinta-feira, que "várias pessoas morreram e outras ficaram feridas" com tiros de armas automáticas, em confrontos em Bangui.

"Há mortos e feridos" que foram levados para o hospital comunitário de Bangui, para a MSF, enviou uma equipa médica e cirúrgica, citada pela agência noticiosa francesa AFP Sylvain Groulx. Groulx acrescentou não poder, de momento, indicar um número de vítimas.

De acordo com o chefe da missão há "feridos a tiro e por arma branca, além de politraumatizados", provavelmente pessoas que fugiram em pânico.

Tiros de armas automáticas e detonações de armas pesadas foram ouvidos antes do amanhecer em várias zonas de Bangui. Os tiros começaram na zona norte da cidade (PK-12) e progressivamente chegaram a outras áreas, nomeadamente às proximidades do centro de Bangui, perto do rio.

Durante a manhã, os disparos foram claramente diminuindo de intensidade, mesmo assim às 11h00 (10h00 em Lisboa) ainda eram ouvidas detonações esporádicas de armas pesadas.

República Centro-Africana mortos tiros Bangui Médicos Sem Fronteiras feridos
Ver comentários