Barra Cofina

Correio da Manhã

Mundo
6

Varoufakis diz que respeita confidencialidade de reuniões com parceiros

The New York Times refere reunião do Eurogrupo, após a qual Varoufakis disse no Twitter que inspira "ódio".
21 de Maio de 2015 às 14:32
O ministro das Finanças da Grécia Yanis Varoufakis
O ministro das Finanças da Grécia Yanis Varoufakis FOTO: Alkis Konstantinidis/Reuters
O ministro das Finanças da Grécia, Yanis Varoufakis, afirmou que respeita a confidencialidade das conversações com os parceiros do país, após a publicação de um artigo que sugere que gravou debates no Eurogrupo de Riga, em abril.

Num texto divulgado na quarta-feira, o jornal The New York Times voltou a referir-se à reunião dos ministros das Finanças da zona euro em Riga, a 24 de abril, após a qual Varoufakis disse no Twitter que inspira "ódio".

Alguns jornais disseram depois que o ministro tinha sido hostilizado pelos seus homólogos, que de uma forma geral têm um estilo muito diferente do seu.

Em declarações ao New York Times, Varoufakis desmentiu categoricamente e disse que nunca foi insultado. A jornalista referiu que o ministro garante isso, mas não pode prová-lo: "diz que gravou a reunião, mas não pode divulgar a gravação devido às regras de confidencialidade".

Vários 'media', na Grécia e no estrangeiro, retomaram a frase e Varoufakis acabou por divulgar um comunicado afirmando: "O meu respeito pela confidencialidade das minhas conversas com parceiros, com homólogos, com as instituições é exemplar e penso que todos têm notado isso".
Grécia Yanis Varoufakis Eurogrupo Riga New York Times
Ver comentários
Newsletter Diária Resumo das principais notícias do dia, de Portugal e do Mundo. (Enviada diariamente, às 9h e às 18h)