Barra Cofina

Correio da Manhã

Mundo

Venezuela com inflação de 130.060,2% em 2018

Há três anos que ss autoridades venezuelanas não divulgavam dados sobre a inflação.
Lusa 29 de Maio de 2019 às 09:26
Maduro
Nicolás Maduro
Nicolás Maduro
Maduro
Nicolás Maduro
Nicolás Maduro
Maduro
Nicolás Maduro
Nicolás Maduro

O Banco Central da Venezuela anunciou, na terça-feira, que a inflação no país em 2018 foi de 130.060,2% e que entre 2013 e o ano passado a economia contraiu 47,6%.

Há três anos que ss autoridades venezuelanas não divulgavam dados sobre a inflação.

Segundo o Banco Central venezuelano, a inflação em 2016 cifrou-se nos 274,4% e em 2017 foi de 862,6%.

Os dados apresentados relativos à inflação no ano passado (130.060,2%) distam dos valores divulgados pelo Fundo Monetário Internacional (FMI), que avaliou a inflação no país em 1.370.000%, em 2018. Para 2019, o FMI prevê uma inflação de 10.000.000%.

O Banco Central da Venezuela anunciou ainda que que as exportações de petróleo, que representam 96% da receita da América do Sul, caíram para 29,81 mil milhões de dólares (cerca de 27 mil milhões de euros) em 2018.

Em 2013, as exportações de petróleo fizeram entrar nos cofres do Estado 85,6 mil milhões de dólares, e no ano seguinte 71,732 mil milhões de dólares, ano em que os preços do petróleo caíram drasticamente e provocaram uma profunda crise que afeta a Venezuela desde então.

Embora os preços do petróleo tenham recuperado a partir de 2016, uma forte queda na produção venezuelana impediu a recuperação financeira do país.

Segundo dados oficiais, a oferta de petróleo venezuelano, que era de 3,2 milhões de barris por dia há dez anos, foi de apenas 1,03 milhões no mês de abril.

Banco Central da Venezuela Fundo Monetário Internacional FMI América do Sul Estado Venezuela
Ver comentários
Newsletter Diária Resumo das principais notícias do dia, de Portugal e do Mundo. (Enviada diariamente, às 9h e às 18h)